O homem e a onça

22 Outubro 2018 Escrito por História de Nossa Senhora 53
Avalie este item
(0 votos)

Valha-me Nossa Senhora Aparecida!

Este impressionante caso passou-se em Piu-í, Minas Gerais, e foi narrado em carta aos Ecos Marianos:
Piu-í, 24 de fevereiro de 1931.

Há poucos dias, deu-se na fazenda das Araras, a uma légua e meia distante desta cidade, um grande milagre por intercessão de Nossa Senhora Aparecida.

É assim que Tiago Terra, que se dirigia àquela fazenda, sem esperar, foi acometido em caminho por uma grande onça, que procurou agredi-lo.

Não tendo forças e nem arma para se defender, na iminência de ser tragado pela fera, deu um forte grito: Valha-me Nossa Senhora Aparecida!.

Foi então que a onça ficou estupefata, e tomou um caminho à direita e por ele seguiu, deixando Tiago ileso.

Se para maior glória de Deus e honra da Santíssima Virgem, quiserdes fazer público tão visível proteção, o favorecido Tiago vos ficará grato.
- L. de Araujo.

 

Última modificação em Quarta, 24 Outubro 2018 03:57
Mais nesta categoria: « O menino no rio
Entre para postar comentários